Benefícios do dentedeleão

Conhecido como chicória amarga e de nome científico Taraxacum officinale Weber é uma planta que pertence à família das compostas e cresce junto a estradas, terrenos baldios ou perto de pastos secos e terrenos cultivados em zonas temperadas.

Trata-Se de uma planta perene, que pode chegar a crescer até aos 40 cm de altura, com talos sem folhas, mas com flores.
Os benefícios do dente-de-leão dependem da parte que usamos:
Folhas: São consumidas como espinafre, cruas ou em infusões.
Flores: Os botões são encurten em vinagre ou frite-os. Se estão abertas consomem as pétalas.
Raiz: As raízes de plantas superiores a 2 anos de idade, que podem ser torradas e são utilizados como café sem cafeína.
Propriedades nutricionais do dente-de-leão
O dente-de-leão contém:
Hidratos de carbono: Tanto na planta como no da folha.
Vitaminas: É rico em vitaminas do grupo B, vitamina C e beta-caroteno nas folhas (mais do que as cenouras)
Minerais: Contém altas quantidades de potássio em suas folhas.
Alcalóides: Como a taxarina, taraxecina e taraxacerina.
Aminoácidos:
Flavonóides:
Ácidos: Contém ácido cafeico, clorogénico, asparagínico, linoléico, linolênico e ácido oleico.
Taninos
Benefícios do dente-de-leão
Para o fígado
Desintoxica e depura o organismo devido a sua riqueza em o romance amargo taraxacina, o qual estimula o fígado, ativando as suas funções de desintoxicação e eliminação de toxinas do nosso corpo.
Estimula a ação do fígado e da vesícula biliar em casos de hepatite ou cirrose.
Protege o fígado da degeneração provocada por intoxicação alimentar ou intoxicação química.
RECOMENDADO Para que serve o pólen de abelha granulado?
Elimina o colesterol, a glicose, o ácido úrico e toxinas do sangue, assim como as pedras dos rins.
Propriedades diuréticas
Contém elevadas quantidades de potássio, que estimula a produção de urina. Esta propriedade é muito útil para eliminar edemas e toxinas.
Lanche
Melhora a digestão e estimula o apetite.

Seus alcalóides amargos estimulas as funções dos órgãos digestivos, por isso é recomendado em casos de distúrbios alimentares como a anorexia e em casos de inapetência.
Para o acne
Ao depurar o organismo, normalizar os hormônios e desintoxicar o fígado, o dente-de-leão melhora a saúde da pele.
Para a anemia
Contém ferro, o que aumenta a quantidade deste mineral no sangue. Isso contribui para o tratamento da doença e a sua prevenção. Também contém ácido fólico, substância necessária para a fabricação de glóbulos vermelhos.
Para prisão de ventre
O dente-de-leão contém fibras, e atua como um laxante suave ao estimular o movimento dos intestinos.
Para a vista
Contém beta-caroteno e helenina, substâncias que aumentam a captação de luz e previne a cegueira noturna e a degeneração macular.
Para a pele
Se você aplicar como cataplasma em casos de feridas, varizes, hemorróidas e úlceras alivia o desconforto e favorece a recuperação.
Para a hipertensão arterial
Contém elevadas quantidades de potássio, magnésio e cálcio, que estimula a circulação sangüínea e controla a tensão arterial.
Contra-indicações
Recomenda-Se não consumir a planta se sofre de alergia à família das compostas.
Pode provocar reações no aparelho digestivo, como flatulência e diarreia, reacções na pele como dermatite e urticária e reações no corpo, como dor de cabeça.

RECOMENDADO Propriedades e benefícios do que
Se toma medicamentos de lítio, para aumentar o potássio no corpo e antibióticos não pode consumir dente-de-leão.