Doenças relacionadas com a alimentação

A alimentação é um fator imprescindível na manutenção de nossa saúde. Os alimentos que nos oferecem sais minerais, vitaminas e outras substâncias, como os aminoácidos, necessários para o funcionamento normal de nosso organismo. Por exemplo, o complexo B, um grupo de vitaminas B, encontrados em vegetais de folhas verdes e o ovo, são necessárias para o normal funcionamento do nosso sistema nervoso.

O que é a má alimentação?
A má alimentação é aquela que não garante o adequado fornecimento de nutrientes ao organismo. Isso pode se dar tanto por desnutrição ou uma redução nas rações de alimentos, assim como um excesso na quantidade dos mesmos, levando a um consumo excessivo de açúcares, gorduras e outras substâncias nocivas.
Uma má alimentação é aquela que também pode causar doenças infecciosas, porque a condição higiênica dos alimentos não é a adequada.

Doenças causadas por má alimentação
A má alimentação pode causar doenças diversas. A partir doenças que são consequência directa de uma má nutrição, como a anemia ou diabetes até doenças que são diretamente transmitidas pelos alimentos, como a amebíase.
Entre as doenças causadas pela má alimentação, tem-se:
Câncer
Trata-Se de uma doença comum em países em desenvolvimento, especialmente o câncer de fígado, esôfago e estômago. Isso faz com que o consumo de alimentos defumados ou salgados. No caso dos países desenvolvidos está o câncer de mama, cólon, reto e próstata, provocados por consequências da má alimentação, como a obesidade, assim como as más rotinas, como falta de exercício, idade e dieta.
Hiponatremia
O consumo excessivo de água, sem a recuperação de minerais pode levar a uma condição em que o nosso corpo não conta com os minerais ou substâncias necessárias para funcionar. Os sintomas desta condição podem ser dor de cabeça, fraqueza, confusão e relaxamento mental. Leva à morte ou ao coma.
RECOMENDADO Benefícios da pimenta-do-reino
Diabetes
Trata-Se de uma alteração hormonal que provoca uma lesão nas ilhotas de Langerhans do pâncreas, provocando problemas com a secreção de insulina. Isso faz com altos níveis de açúcar no sangue ou hiperglicemia. Existem dois tipos, a 1 que provoca falta de insulina e a 2 que é do tipo crônico sempre mantendo altos os níveis de glicose no nosso organismo.
Doença coronariana
Provoca o estreitamento dos vasos sanguíneos, dificultando o transporte de oxigênio e sangue. Deve-Se ao consumo de gorduras saturadas.
A doença arterial coronariana consiste em um estreitamento dos vasos sanguíneos, dificultando
Osteoporose
As gorduras podem causar esta doença, assim como os açúcares, as carnes e as gasosas. Consiste na redução da densidade dos ossos.
Anemia
Sangue não possui glóbulos vermelhos nem pode contar com novos. É dada por uma má alimentação, em que não se incluem vitamina C, vitamina A e complexo B e o ferro suficiente.
Beriberi
Se dá pela falta de vitaminas B, as quais são necessárias para transformar os alimentos em energia. Isto provoca fraqueza geral nas pernas e inchaço no corpo.
Hipercolesterolemia
Trata-Se de um elevado nível de colesterol, substância danifica as artérias e propicia o aparecimento da aterosclerose, o que com o passar do tempo, pode provocar um infarto.

Osteomalacia e raquitismo
Trata-Se de uma doença causada por deficiências de vitamina D, cálcio e fosfato, o que provoca fraqueza nos ossos ficam mais moles.
Gota
É causada por um excesso no consumo de carnes vermelhas, bebidas azucaras e alcoólicas. Provoca a elevação do ácido úrico no sangue provoca dor nos joelhos e nos pés.
Bócio
É dada por uma carência de iodo na dieta, faz com que a tireóide se enche no chão.
Cárie
É dada por uma redução no esmalte dental provocado pelas bebidas azucaras e refrigerantes.
Hipertensão arterial
Trata-Se da elevação da pressão arterial, o que provoca má circulação sanguínea. Pode provocar infartos e embolias.
RECOMENDADO Para que serve a berinjela roxa?
Obesidade
Trata-Se de uma doença causada pela ingestão de mais alimentos do que precisa o nosso organismo, principalmente alimentos ricos em gorduras e açúcares.
Doenças transmitidas por alimentos
É conhecido como o ETA, são doenças que são gerados a partir do consumo de alimentos e água contaminada. São assim chamadas porque os alimentos transmitem organismos nocivos e substâncias tóxicas.
Podem-Se manifestar como doenças ou intoxicações. Entre as doenças se tem:
Salmonelose
Hepatite viral tipo.
A toxoplasmose.
Amebíase.
Consequências de uma má alimentação
A má alimentação pode provocar distúrbios nutricionais, doenças e intoxicações alimentares. Também tem consequências psicológicas, como depressão e distúrbios alimentares como anorexia e bulimia, que pode levar as pessoas a seguir dietas e comportamentos extremos.
A desnutrição pode aumentar o risco de contrair doenças infecciosas, não relacionadas com os alimentos. Também, pode provocar uma descida na coordenação, a concentração e até no quociente intelectual.
Intoxicação por alimentos
As intoxicações por alimentos ocorrem quando toxinas ou venenos de bactérias e fungos presentes no alimento ingerido. Se dá através de bactérias comuns como o estafilococo ou a Escherichia coli (E. coli.) também se pode dar por animais como o peixe-balão.
É muito comum em refeições ao ar livre, escolas e reuniões sociais. Se pode dar quando se manipula mal um alimento, quando as bebidas têm contato com substâncias contaminantes ou quando a água com que se choveram as plantas está contaminada.
Algumas intoxicações alimentares são dadas por:
Raiva.
Enterite por Campylobacter.
Enterite por E. coli.
Salmonelas.
Shigella.
Staphylococcus aureus.
Toxinas em peixes ou frutos do mar danificados ou em mau estado.
Produzem cólicas abdominais, diarréia, febre, náuseas, vómitos, fraqueza e dores de cabeça.

O tratamento geralmente se concentrar em hidratar a pessoa e a aliviar os sintomas, porque na maioria dos casos, o próprio organismo consegue combater a intoxicação e se recuperar. Uma intoxicação é perigosa em crianças, bebês e idosos, pessoas que devem ser monitorada de perto para evitar a desidratação severa.