Para que serve a ervamate?

A conhecida erva-mate é um arbusto do gênero Ilex Paraguariensis, também conhecidos como carvalhos. Cresce selvagem nas margens dos rios Paraná e Uruguai. Foi domesticado e explorada em grande escala por alguns monges jesuítas que se encontravam em misiones, na Argentina. Para 2016, o Brasil é conhecido como o maior produtor desta planta, seguido por Argentina e Paraguai.

Composição nutricional
Antes de mencionar os seus benefícios, devemos conhecer a sua composição:
Cafeína.
Vitaminas: A, C, E e todas as do complexo B.
Minerais como: Ferro, manganês, magnésio, zinco, potássio e fósforo.
15 aminoácidos.
Antioxidantes: Polifelones, taninos e flavolones.
Agora que conhecemos a sua composição, podemos enunciar os benefícios que traz a tomar esta infusão:
Benefícios da erva-mate
Antioxidante: Graças aos compostos antioxidantes pode prevenir o envelhecimento prematuro das células causados pelos radicais livres, o que implica a prevenção de alguns tipos de câncer.
Estimulante: Por seu alto teor de cafeína é um estimulante tão potente como o café ou o chá verde, com muitos mais benefícios para a saúde do que estes.
Fortalece o sistema imunológico: Graças às suas propriedades nutritivas, protege o nosso sistema imunológico, permitindo-lhe lutar contra as infecções de forma mais eficaz e prevenindo o contágio de futuras doenças.
Saúde cardiovascular: de Acordo com estudos realizados pela universidade de Illinois, os antioxidantes e aminoácidos presentes na erva-mate aumentam as quantidades de colesterol HDL, conhecido coloquialmente como “colesterol bom”, que ajuda a controlar os níveis de gordura nas artérias, a arteriosclerose e a formação de coágulos no sangue, que podem causar um acidente vascular cerebral ou um ataque cardíaco.
RECOMENDADO Propriedades da planta medicinal siempreviva
Melhora a digestão: Favorece a produção de bílis e de ácido gástrico, o que otimiza o processo de digestão. Também melhora o trânsito intestinal, o que ajuda a depurar, com maior eficácia as toxinas de nosso organismo e a aproveitar os benefícios dos alimentos.

Aumenta o desempenho físico: Melhora o metabolismo de gorduras e carboidratos. Reduz o tempo de recuperação após um treino, ao evitar o acúmulo de ácido láctico nos músculos.
Ajuda a perder peso: O chá de erva-mate nos dá uma sensação de saciedade que impede, vamos continuar a consumir alimentos em excesso durante as refeições. Se combinarmos isso com exercício e dieta, podemos perder isso facilmente.
Reduz o stress e a insônia: Por sua grande quantidade de antioxidantes, a erva-mate pode combater esses problemas tão típicos da vida moderna.
Como preparamos a erva-mate?
Existe um recipiente especial para tomar esta bebida, chamado de mate, o qual é uma espécie de abóbora com um buraco ideal para introduzir um sorvete metálico denominado bulbo.
Para preparar o mate devemos aquecer a água sem deixar ferver. Em um recipiente coloque uma quantidade suficiente de folhas e ramos de erva-mate para cobrir três quartas partes, a revolvemos e nós acomodamos, de tal forma que deixemos um espaço para inserir a lâmpada. Finalmente, despeje a água quente no espaço que deixamos para a lâmpada.
Pode ser amarga ou adoçada com adoçantes naturais como o mel, para preservar os seus benefícios.
Contra-indicações
O consumo de folhas de mate, como chá e fumadas de forma excessiva, esta associado a um maior risco de câncer de esôfago, garganta e boca.
RECOMENDADO Benefícios do dente-de-leão
Não é uma bebida adequada para hipertensos e pessoas sensíveis à cafeína por suas propriedades estimulantes. Também não é aconselhável o seu consumo para pessoas com fígados sensíveis.

Como podemos ver, os seus efeitos negativos não superam os seus benefícios e se você não sofre de nenhuma das três condições mencionadas no parágrafo anterior, pode tomá-la com regularidade, sem excederte para desfrutar dos benefícios deste presente da natureza.