Propriedades curativas do estafiate

O estafiate é uma erva perene de cheiro particular que atinge uma altura de 15 cm e 1,5 m. Tem bastantes ramos de cor esbranquiçada, sendo que algumas delas lenhosas em sua base. São de clima quente, semi-árido, seco e temperado.

Se dá de forma natural nas florestas tropicais e em matagal xerófilos. São inúmeros seus benefícios e usos medicinais, especialmente quando se trata do mal-estar do estômago.
Para que é bom o estafiate?
O estafiate tem múltiplas utilizações e é muito bom para tratar a diarreia, casos de disenteria, gripes estômago, empachos e mais. É tônico, estimulante, antiespasmódico da matriz (alivia o desconforto da menstruação) regula a menstruação e controla a amenorréia.
Pode funcionar como insecticida. O extrato aquoso desta planta apresenta um efeito repelente contra o verme cogollero.
Você serve o estafiate para perder peso?
A infusão dessa erva não é utilizada para o emagrecimento, no entanto, podemos encontrar informações sobre a rede que afirma que se, que pode ser utilizado para o emagrecimento, mas não estritamente com este fim.
Esta infusão tem propriedades de limpeza do fígado e da vesícula, também é digestiva, mas por ser uma planta amarga tem algum nível de toxicidade que impedem que seja consumida de forma periódica para perda de peso.
Se você quer perder peso, existem outro tipo de chás mais adequadas.
Usos medicinais do estafiate
Antigamente se usava para aliviar as dores que fornecem o frio ou de flatulência, para aliviar cólicas e problemas do peito. Também é usado para tratar a fraqueza das mãos, o cansaço e as feridas nos pés. Agora, tem inúmeras aplicações na medicina natural.
RECOMENDADO Propriedades do cardo mariano
As folhas e o caule são preparados no chá são utilizados para curar:
Preocupa.
Diarreia.
Amibas.
Juntar a bile.
Destruir pedras no rim.
Inflamação da pleura.
Cólicas.
Resfriados.
Febre.
Bronquite.
Disenteria.
Menstruação irregular.
Transtornos pós-parto.
Estimula o apetite.
No caso de diarréia recomenda-se consumir misturado com outras ervas como a hortelã-pimenta, camomila, abacate, goiaba e marrubio.
Parasitas intestinais
Quando há parasitas intestinais aconselha-se consumir estafiate ou acompanhado de epazote ou de hortelã-pimenta em jejum.
Planta da mulher
Assim é conhecido, porque é uma planta com inúmeros benefícios para a mulher. Regula o ciclo menstrual, estimula a menstruação e acalma as dores que se seguem ao parto.
Consomem-Se os caules, folhas e flores. São utilizadas frescas e secas.
Como é bom o estafiate para o preocupa?
O estafiate é uma das curas principais contra o preocupa, um problema que se caracteriza por uma dor forte ou inchaço abdominal, náuseas, vômitos e falta de apetite provocados por excessos no comer ou devido a uma indigestão.

Se o preocupa apresenta diarreia recomenda-se preparar o chá de estafiate com hortelã-pimenta, erva-doce ou camomila para estabilizar a digestão.
Para preparar a infusão precisa de um litro de água e 10 g da planta. Deve-Se aquecer a água, e apenas quando começar a ferver, desligar e adicionar duas colheres de sopa da erva. Deixa-Se repousar 10 minutos e se consome morna três vezes ao dia. Adoça-Se com mel.
É abortiva?
A artemisia ludoviciana ou estafiate é um aborto, o que se deve ter muito cuidado ao consumir para regularizar o ciclo menstrual e apenas beber se tem conhecimento e absoluta certeza de não estar grávida, já que você pode causar problemas graves ao bebé.
Para que serve o chá de estafiate?
No caso de ter sido apresentado um aborto, o chá de estafiate ou ártemis ajuda a limpar a matriz de coágulos ou resíduos existentes. Deve ser consumida em pequenas quantidades, porque é tóxico e pode perfurar a matriz.
RECOMENDADO Propriedades curativas do wasabi
Também é útil para tratar todo o tipo de problemas digestivos como diarréia, empachos, gripes estomacais, doenças e parasitas que afetam o sistema respiratório, como tosse e bronquite. É um chá com capacidade para desinflamar a pleura.
Contra-indicações do estafiate
Deve-Se respeitar ao pé da letra, seu modo de emprego, pois, devido às suas fortes princípios NÃO DEVEMOS TOMÁ-lo POR MAIS DE 6 DIAS CONSECUTIVOS. Completados estes dias você deve descansar por 6 dias e voltar a consumir seis dias.
Não deve ser administrado estafiate bebês ou crianças com menos de 2 anos, pois seus compostos são muito fortes para eles e para o nosso sistema digestivo é muito fraco, até que atendemos os 7 anos.
Não se deve consumir em estado de gravidez ou amamentação, já que, os princípios ativos podem passar para o feto e exercer a sua toxicidade sobre o bebê em formação ou para o feto. As mães que amamentam não devem consumi-la, pois você pode passar para o bebê através do leite.
Não se deve misturar com medicamentos pode alterar os efeitos dos mesmos.
Algumas pessoas podem sofrer de dermatites e alergias da pele ao consumir estafiate, se isso acontece, deve-se suspender o uso e consultar o médico imediatamente.
Não se deve consumir álcool durante o tratamento com o estafiate.
Respostas às perguntas mais frequentes:
Onde posso encontrar estafiate?
Normalmente é encontrada em viveiros e à base de plantas. Também em lojas especializadas em medicina natural.

o que quer dizer estafiate?
É uma palavra que vem do náhuatl iztahuyatl que significa, segundo alguns autores “a Água de um deus de sal” também é um termo sob o qual se conhece o absinto ou para a ártemis. Se conhece bem a esta grama por sua afinidade para aliviar problemas femininos, pois a deusa Ártemis lhe rezava em casos de gravidezes e partos difíceis.