Propriedades terapêuticas do noni e como se prepara

É uma planta de origem polinésia e Taiti, que cresce também em algumas áreas do Caribe. Seu nome científico é Morinda Citrifolia. É uma planta medicinal, pertencente à família rubiaceae, seus frutos são de cor amarelo esverdeada e ao amadurecer se transformam em brancos e possuem excelentes propriedades para melhorar a saúde.

Propriedades terapêuticas do noni
O suco, a polpa e as raízes do noni se lhe atribuem:

Propriedades antialérgicas e de controle da asma: Conta com inibidores de histamina.
Analgésico e anti-inflamatório: Efeito que consegue inibir as enzimas chamadas COX-1 (causadores de infamación), o que tem ajudado em muitos casos de artrite, do túnel do carpo, entre outros, reduzindo a inflamação e a dor.
Capacidade de combater infecções: Tem capacidade antimicrobiana. Destrua diferentes bactérias, entre elas a Pseudomonas aeruginosa, Escherichia coli e o bacilo da tuberculose.
Promoção da regeneração celular: O suco tem em sua composição um alcalóide denominado proxeronina pelo Dr. Ralph Heinicke. Este alcalóide é transformada em xeronina no organismo, onde, no aparelho de Golgi (estrutura que fica no interior das células, e cujo trabalho é a de armazenar e enviar nutrientes para a célula) é utilizada para melhorar a rota e cobertura dos nutrientes necessários para a célula, através da correcção de qualquer deficiência na produção de proteínas, o que causa a regeneração de tecidos danificados.
Propriedades sedativas suaves.
É um anti-hipertensivo: Os extratos de raiz do noni são capazes de regular a geração do óxido nitroso no organismo, provocando um efeito vasodilatador que baixa a pressão arterial do organismo.
Importante efeito antioxidante: O noni contém grande quantidade de antioxidantes que anulam o efeito dos radicais livres. Devido a isso, o noni ajuda a prevenir a arteriosclerose e previne o envelhecimento precoce dos tecidos.
Melhora as defesas: Os glóbulos brancos chamados linfócitos “T” são aqueles responsáveis pela imunidade celular e são estimulados por um polissacarídeo presente no fruto do noni, o que provoca um aumento das defesas.
Atividade antiparasitaria: O noni é capaz de destruir um parasita pertencente à família dos helmintos, o Ascaris Lumbricoides.
Reduz as gorduras no sangue: O suco do noni pode reduzir os níveis de colesterol e triglicéridos no sangue, de acordo com um estudo realizado no ano de 2012.
Ajuda a controlar a diabetes: aqueles Que são afetados por Diabetes Mellitus não podem aproveitar completamente os alimentos por causa de problemas com a insulina. Não se conhece com exatidão como age o noni sobre diabetes, se têm, no entanto, algumas teorias:
Os efeitos realçadores que tem este fruto no sistema imunológico, o que o impede de atacar as células responsáveis pela produção de insulina.
O noni tem um efeito normalizador, o que, em teoria, poderia ajudar a célula a melhorar o seu desempenho, produzindo insulina de qualidade.
Energia Corporal e Estados de Humor: O noni melhoria das atividades da glândula pineal. Nela, ocorre a serotonina, a qual é utilizada para gerar outro hormônio, a melatonina. Ambas ajudam a regular o sono, a temperatura corporal, os estados de ânimo, as mudanças na puberdade e os ciclos ovarianos no corpo.
Anti-cancerígeno: Esta propriedade é a que mais estudos têm dedicado os cientistas. No ano de 1992, cientistas do Havaí, demonstraram o efeito anti-cancerígeno que tinha o extrato de noni em ratos de laboratório afetados com a doença. O noni demonstrou efeitos antitumorais sobre células de leucemia, células de câncer do pâncreas e do cólon cultivadas em laboratório. Isso se deve à presença de glicosídeos no fruto. Também atribuem-se-lhe o noni um efeito potenciador sobre alguns medicamentos utilizados para o tratamento do câncer, tais como:
Interferon gama.
Bleomicina.
Adriamicina
Cisplatino.
Mitomicina-C.
RECOMENDADO Benefícios da alfafa no corpo humano
Entre outros.
Como se pode ver, o noni tem efeitos extraordinários sobre a saúde do organismo e pode ajudar a aliviar os sintomas de muitas doenças comuns de nosso tempo.

Como tomar o noni?